Login
Galeria Na Bancada Artigos Referências Manual de Montagem Membros Publicar
GALERIA
SUPER 61 - MH-60L DAP - 160TH SOAR
HH-60D NIGHT HAWK 1/72 - HASEGAWA 01437
Data: 13/10/2011
Fabricante: SIKORSKY AIRCRAFT
Tripulação: 4 - Piloto, Co-piloto e 2 atiradores
Comprimento: 17.1m
Diametro do Rotor: 14.1m
Altura: 4.4m
Motor: 2x Turbinas GE T700-GE-701C
Velocidade Máxima: 294 km/h
Alcance: 824 km
 
Visitas: 10597
Visitas/Dia: 4,557  

 O MH-60L DAP (Direct Action Penetrator) é uma versão do UH-60L especialmente modificada para o 160th SOAR (Special Operations Aviation Regiment) do exército americano, ele é uma versão menos sofisticada do MH-60K, uma versão mais barata para 160th para operações que não exijam todos recursos da versão K.

MH-60K

MH-60L DAP


Com capacidade de operar noite e dia e em condições meteorológicas adversas pode tanto operar como helicóptero de ataque utilizando fogo áreo e/ou munições guiadas de precisão ou helicóptero de assalto, realizando infiltração armada ou retirada de pequenas unidades em ambiente hostil. 
 

Quando o MH-60L DAP é configurado para ataque armado, pode ser armado com duas metralhadoras fixas M134 miniguns, 4 mísseis AIM-92 Stinger, metralhadora M230 de 30mm e cabides com dois AGM-114 Hellfire. O FLIR instalado no nariz do helicóptero inclui um POD com designador laser para os mísseis Hellfires. Nesta configuração o MH-60L DAP tem todo o espaço da cabine tomada por munição, o que impede o transporte de tropas ou suprimentos. 

Operação Serpente Gótica
Também conhecida como Batalha do Mar Negro ou popularmente como Blackhawk Down foi um confronto militar travado em Mogadíscio, Somália, em 3 e 4 de outubro de 1993 por forças dos Estados Unidos com apoio militar das Nações Unidas contra milicianos somalis leais ao chefe tribal Mohamed Farrah Aidid, com apoio de civis armados. 

A Força-Tarefa Ranger (Task Force Ranger), que consistia de uma força de assalto formada por equipes da Delta Force do Exército Americano e de Rangers, um elemento aéreo do 160º Regimento de Aviação de Operações Especiais (160.º SOAR), cinco operadores Navy Seals do SEAL Team Six, membros dos Pararescue da Força Aérea Armericana e controladores da Equipe de Controle de Combate executaram uma operação que consistia do deslocamento de suas instalações, na periferia da cidade, para capturar personalidades do primeiro escalão do clã Habr Gidr, liderado por Aidid. A força de assalto consistia de dezenove aeronaves, doze veículos terrestres (incluindo diversos Humvees), e 160 homens.
Durante a operação, dois helicópteros BlackHawk americanos foram derrubados por lança-granadas-foguete (89-26188 e 91-26324), e três foram danificados. Alguns dos soldados conseguiram resgatar os feridos e levá-los de volta à base, porém outros ficaram presos nos locais dos acidentes e acabaram isolados; seguiu-se uma batalha urbana que durou toda a noite.
No início da manhã seguinte, uma força-tarefa foi enviada para resgatar os soldados presos na cidade, formada por soldados do Paquistão, da Malásia e da 10.ª Divisão de Montanha dos Estados Unidos. Totalizava 100 veículos, incluindo tanques M48 paquistaneses e veículos blindados Condor da Malásia, com o apoio de helicópteros A/MH-6 Little Bird e UH-60 Black Hawk dos Estados Unidos. A força-tarefa chegou ao local do primeiro acidente e conseguiu resgatar os soldados que ali estavam; o local do segundo acidente foi tomado pelos somalis, e o piloto Mike Durant, único sobrevivente ali, foi preso e libertado posteriormente.
(Fonte: Wikipédia)

Super 61
Comandado por Cliff Wolcott, o MH-60L DAP serial 91-26324 "Thunderstruck" designado "Super 61" na operação foi o primeiro Blackhawk derrubado em 3 de outubro de 1993 pela milícia somali.

Atingido por RPG (Rocket Propelled Grenade) o helicóptero perdeu o rotor de cauda e caiu a poucas quadras do prédio alvo da operação matando Wolcott e deixando os outros cinco tripulantes feridos. 
Piloto: Clive Wollcot  (Elvis)
 
Co-piloto: Donnovan L. Briley

A partir deste evento, a operação de captura passou a ser uma operação de resgate.


Montagem do Kit
Um pouco antes de começar esta montagem, eu havia visto alguns modelos motorizados em uma exposição aqui na cidade de Curitiba-PR e queria montar um kit assim, com motores que girassem os dois rotores.

A escolha por motorizar um Blackhawk foi devido o cubo do rotor da cauda, que permitia a instalação de um motor ou engrenagens que fizessem este girar.

Foram instalados no kit dois motores, um no cubo do rotor da cauda, no qual foi conectado diretamente em seu eixo o rotor. E um segundo sobre a cabine, neste foi utilizado uma coroa sem fim que gira uma engrenagem na qual é fixado o rotor principal.
 
 
O mecanismo do rotor principal foi aproveitado do Bloco Otico de um celular com camera estragado.
 
Encontrei em alguns site esse conjunto para venda acima de R$ 50, isso um novo, com certeza em alguma assistencia de cameras ou celulares é possível conseguir um que apenas o motor funcione por um bom preço!
 
O melhor que recortando o conjunto já temos o suporte para o motor e do eixo para o rotor principal!!!
 
 
Para conexão da eletricidade, foram feitos dois suportes simulando os ganchos de Fast-Roup no teto da cabine do helicóptero. Estes ganchos, na verdade tubos, encaixam em dois fios rígidos fixados na vertical à uma base na qual são conectadas as pilhas. 

A vinheta final simula o helicóptero em uma operação de assalto pairando enquanto soldados descem pelas cordas e tomam posições de defesa no solo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
Comentários:
Nome:
[E-mail]:
Comentário:
 
   
Se você já usuário da Helikits clique aqui para login:

Data:13/10/2011 09:08 MARCELO TARKUS (Membro Helikits)
Show Cleder! Sempre quis fazer isso. Vou querer saber como vc fez o arranjo do motor por dentro do kit. ;) abs
Resposta:
01/12/2011 00:58
Marcelo! Achei um foto de uma peça similar a que usei para o rotor principal e adicionei ao texto. É um tal de Bloco Otico, é o mecanismo de zoom ótico utilizado em cameras digitais.
Essa semana vou tirar umas fotos do conjunto no kit e te aviso!
Abraços
 
 
 
Modelos da família S-70 Black Hawk em Galeria e Na Bancada:

Galeria
HH-60H & SH-60F US NAVY HANGAR BAY
HASEGAWA-1/72
Cleder
01/06/2013

Bancada
PRONTO PARA PINTURA
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
06/05/2012

Galeria
HH-60H HS-6 INDIANS
ITALERI-1/72
Cleder
18/07/2010

Galeria
MH-60K Black Hawk - 160TH SOAR US ARMY
REVELL-1/72
Cleder
15/05/2012

Galeria
MH-60S KNIGHTHAWK - HSC-8 EIGHTBALLERS
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
23/07/2012

Bancada
ESCOLHENDO A VERSÃO
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
24/01/2012

Galeria
SH-60F HS-14 CHARGERS US NAVY
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
08/03/2012

Galeria
UH-60A US ARMY
ITALERI-1/72
Cleder
12/05/2009

Bancada
INTERIOR
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
06/02/2012

Galeria
MH-60K NIGHT HAWK
ITALERI-1/72
MARCELO TARKUS
01/03/2011
 
Modelos da escala 1/72 em Galeria e Na Bancada:

Bancada
CONCLUSÃO
REVELL-1/72
Cleder
24/06/2009

Galeria
RH-53D HM-16 SEA HAWKS - US.NAVY
BILEK-1/72
Cleder
30/06/2013

Galeria
MH-68 STINGRAY USCG
REVELL-1/72
Cleder
23/12/2010

Galeria
HH-1N LONGHORNS
ITALERI-1/72
Cleder
23/06/2010

Galeria
MIL MI-8 SAR
REVELL-1/72
MARCELO TARKUS
23/02/2011

Bancada
KIT VACUUM FORM
AIRMODEL-1/72
Cleder
04/08/2009

Galeria
HH-3F PELICAN USCG
LINDBERG-1/72
Cleder
30/11/2011

Galeria
MIL MI-4
KP-MASTERCRAFT-1/72
MARCELO TARKUS
10/03/2012

Bancada
INTRODUÇÃO
HOBBYBOSS MODELS-1/72
Cleder
02/07/2009

Galeria
UH-1D SLICK US ARMY VIETNA
ITALERI-1/72
Cleder
30/04/2009
 
 
Filtros Aplicados
SUPER 61 - MH-60L DAP - 160TH SOAR
 
Modelista
Modelista: Cleder
País: BRASIL
 
Montado com

HH-60D NIGHT HAWK
HASEGAWA - 01437
Kits - 1/72